A ESTIGMATIZAÇÃO JUVENIL NA ERA DO MEDO: UMA ANÁLISE SOCIOJURÍDICA ACERCA DA REDUÇÃO DA IDADE PENAL

Autores

  • Rafael Antônio Rodrigues Faculdade de Direito de Franca

DOI:

https://doi.org/10.21207/1983.4225.283

Palavras-chave:

Imputabilidade, Educação, Vulnerabilidade, Encarceramento

Resumo

O presente artigo aborda a questão da redução da idade penal cogitada pelo Projeto de Emenda Constitucional n° 171 de 1993 sob a perspectiva dos reais fatores que caracterizam a criminalidade, bem como visará uma análise sobre a atual situação carcerária. Em contrapartida, analisar-se-á o Estatuto da Criança e do Adolescente perquirindo o valor e sentido das medidas socioeducativas e as modificações positivas conquistadas pela sociedade brasileira durante os 25 anos de vigência do ECA. Por fim, alicerçado em dados estatísticos, ilustrar-se-á as condições oferecidas para o cumprimento das medidas de internação e os caminhos possíveis à estruturação da Doutrina da Proteção Integral às crianças e aos adolescentes.

Biografia do Autor

  • Rafael Antônio Rodrigues, Faculdade de Direito de Franca
    DEPARTAMENTO DE DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO FUNDAMENTAL / Sociologia do Direito

Downloads

Publicado

2016-08-17

Edição

Seção

Artigos de Discentes

Como Citar

A ESTIGMATIZAÇÃO JUVENIL NA ERA DO MEDO: UMA ANÁLISE SOCIOJURÍDICA ACERCA DA REDUÇÃO DA IDADE PENAL. (2016). Revista Eletrônica Da Faculdade De Direito De Franca, 10(1), 271-293. https://doi.org/10.21207/1983.4225.283

Artigos Semelhantes

1-10 de 53

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.