UMA ESCUTA PSICANALÍTICA NA PRAXE DO PSICÓLOGO E DO MEDIADOR FRENTE A MEDIAÇÃO FAMILIAR INTERDISCIPLINAR

Berenice BOLZANI, Bruno Monteiro HERCULINO

Resumo


O presente artigo trata da praxe do(a) psicólogo(a) e do(a) mediador(a) frente a mediação familiar interdisciplinar sob uma escuta psicanalítica. Iniciaremos descrevendo a relação entre Psicologia/Psicanálise e o Direito, caminhando para o conceito de mediação em uma proposta interdisciplinar nos casos que envolvem o trabalho com famílias, analisando a relação conjugal e o processo de divórcio, a instalação da alienação parental e, por fim, a responsabilidade e subjetividade pela escuta da psicanálise. Concluímos que o(a) psicólogo(a) e o(a) mediador(a) que trabalham com uma escuta psicanalítica, isto é, uma escuta questionadora e não obvia, vão além dos ditos e dos sentidos, deparando-se com dizeres que trazem um discurso inconsciente e com sujeitos singulares em suas formas de existirem, de relacionarem, de sofrerem, de serem felizes. Singulares na forma de amar e de odiar. Assim propondo uma prática interdisciplinar na mediação com famílias e desenvolvendo uma nova forma destes sujeitos se responsabilizarem criativamente pelos seus atos, suas escolhas, seus desejos.


Palavras-chave


Mediação Familiar. Psicanálise. Psicologia. Escuta Psicanalítica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTOÉ, Sônia. Sujeito do direito, sujeito do desejo: direito e psicanálise. São Paulo: Revin-ter, 2004.

ALVES, Vera Lúcia da Silva. O pequeno e o grande Outro: conceitos de Lacan a partir de Hegel. Rio de Janeiro: Multifoco, 2012.

ANDRADE, Cleide Rocha de. Os litígios conjugais à luz da psicanálise: da repetição sintomá-tica à responsabilização subjetiva na prática da mediação de conflitos. Belo Horizonte, 2009.

ANDRADE, Vania Maria Baeta. (org.). Novo dicionário de migalhas da psicanálise literária. Belo Horizonte: Cas’a’screver, 2016.

AZEVEDO, André Gomma de (org.). Manual de Mediação Judicial. 6ª edição (Brasília/DF: CNJ), 2016.

BARBOSA, Águida Arruda. Mediação Familiar Interdisciplinar. São Paulo: Editora Atlas, 2015.

BRASIL. (1984) Casa Civil. Lei Nº. 7.210/84. Acesso: 07 de julho de 2017. Disponível em: . Acesso em: 12 de outubro de 2017.

BRASIL. (1990). Casa Civil. Lei N°. 8.069/90. Acesso: 07 de julho de 2017. Disponível em: . Acesso em 12 de outubro de 2017.

BRASIL. (2010). Casa Civil. Lei nº 12.318/2010. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12318.htm>. Acesso em 12 de outubro de 2017.

BRASIL. (2014). Casa Civil. Lei nº 13.058/2014. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13058.htm>. Acesso em: 12 de outubro de 2017.

BRASIL. (2015). Casa Civil. Lei Nº. 13.105/15. Acesso em: 07 de julho de 2017. Disponível em: . Acesso em: 12 de outubro de 2017.

BRASIL. Guia prático de funcionamento do Cejusc. Disponível em: . Acesso em: 25 de outubro de 2017.

BRASIL. Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Acesso em: 07 de julho de 2017. Disponível em: < http://www.tjsp.jus.br/>. Acesso em: 12 de outubro de 2017.

COSTA, Liana Fortunado; et al. As competências da psicologia jurídica na avaliação psicos-social de famílias em conflito. Psicologia & Sociedade. Vol. 21, nº 2, 2009.

DUARTE, Lenita Pacheco Lemos. Mediação na Alienação Parental: a psicanálise com crian-ças no judiciário. Rio de Janeiro: Lumem Juris, 2016.

FORBES, Jorge de Figueiredo. Inconsciente e responsabilidade. Tese (Doutorado em Teoria Psicanalítica). Instituto de Psicologia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. 2010.

FRANÇA, Fátima. Reflexões sobre a psicologia jurídica e seu panorama no Brasil. Psicologia: Teoria e Prática. Vol. 06, nº 1, 2004.

FREUD, Sigmund. (1905). Fragmento da análise de um caso de histeria. Obras completas, ESB, v. VII. Rio de Janeiro: Imago, 1972.

GARCIA-ROZA, L. A. Freud e o Inconsciente. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2009.

GOMES, Acir de Matos; PATTI, Elci A. Macedo Ribeiro. A psicanálise como instrumento esclarecedor nos conflitos judiciais envolvendo crianças e adolescentes. Revista Eletrônica da Faculdade de Direito de Franca, v. 9, n. 1, 2014.

HANNS, L. Dicionário comentado de Alemão Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

KAUFMANN, Pierre. Dicionário enciclopédico de psicanálise: o legado de Freud e Lacan. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1996.

LACAN, Jacques (1956). “A ciência e a verdade”. In: LACAN, J. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998.

LACAN, Jacques. (1969). Notas sobre a criança. In: LACAN, J. Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2003.

LACAN, Jacques. (1959). O Seminário, Livro 7: A Ética da Psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1988.

LACAN, Jacques. (1972). O seminário, livro 20: Mais, ainda. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2008.

LACAN, Jacques (1974/75). O seminário, livro 22: R.S.I. inédito.

LISE, Liége. Crianças e adolescentes em análise: como uma análise lacaniana pode ajuda-los? In: FORBES, Jorge (ed.); RIOLFI, Claudia (org.). Psicanálise: a clínica do Real. São Paulo: Manole, 2014.

MILLER, Jacques-Allain. Percurso de Lacan: uma introdução. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1987.

MOARES, Vinicius. Vinicius de Moraes: antologia poética. São Paulo: Companhia das Le-tras, 2009.

MUSZKAT, Malvina Ester (org.). Mediação de conflitos: pacificando e prevenindo a violên-cia. São Paulo: Summus, 2003.

PEREIRA, Rodrigo da Cunha. Entendendo o fim da conjugalidade sob as novas concepções do direito de família. In: PEREIRA, Rodrigo da Cunha. A sexualidade vista pelos tribunais. Belo Horizonte, Del Rey, 2000.

QUINET, Antônio. As 4+1 condições de análise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2009.

QUINET, Antônio. O gozo, a lei e as versões do pai. In: GROENINGA, Giselle, Camara; PEREIRA, Rodrigo da Cunha. (orgs.). Direito de família e psicanálise. Rio de Janeiro: Imago, 2003.

ROSA, Miriam Debieux. Uma escuta psicanalítica das vidas secas. Revista Textura. s/d.

RUBEM, Alves. Se eu fosse você. In: RUBEM, Alves. O amor que acende a lua. Papirus Editora, 1999.

SECOS E MOLHADOS. Amor. Secos e Molhados. Gravadora Continental, 1973.

SILVA, Talita Aparecida Vilela da. A intervenção judicial para resolução de casos envolven-do alienação parental. 2016. 54f. Trabalho de Curso. Faculdade de Direito de Franca, Franca, 2016.

SIX, Jean-François. Dinâmica da Mediação. Belo Horizonte: Del Rey, 2001.

TOM JOBIM. Amor em paz. Poema de Vinicius de Moraes. s/d.




DOI: https://doi.org/10.21207/1983.4225.617

http://www.abecbrasil.org.br

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Compartilha Igual 4.0 Internacional.